terça-feira, 20 de outubro de 2009

O amor proibido-continuação



Em seguida, Andrômeda entrou chorando mais uma vez em seu quarto. Shun queria se controlar, mas seu coração falou mais alto. Entrou e perquntou amavelmente:


-O que há com vossa alteza? Algo lhe entristece? Conte-me, desabafe.


-Oh Shun... Você é a única pessoa em que posso contar, mais um pretendente, não sei por quanto tempo vou suportar isso, vou embora se eu tiver de agüentar outro dessse.


O rapaz enxuga as lágrimas de sua amada, mais apaixonado ainda e diz com muita compreensão:


-Você não pode abandonar seu reino princesa, a onde você for, pertencerá a realeza e seus pais, vão ficar desesperados, diga isso a eles. com certeza vão entender.


-Shun, você dá exelentes conselhos, mas você já chegou a seguir um deles? Vou falar com meus pais.


E lá se foi ela, decidida a falar com seus pais. Chegando lá disse:

-Pai, mãe, não quero me casar pela lei, quero me casar por amor, pois de outra maneira, não vou ser feliz.

Seus pais aceitaram e a lei não foi mais usada. Retornando a seu quarto, encontrou seu cavaleiro de joelhos, segurando uma caixinha com uma aliança de cristal na mão e perguntou:

-Qual é o significado disso tudo?

-Significa o amor que sinto por você que até hoje não tive coragem de assumir esse belo sentimento, mas pergunto: quer se casar comigo e sentir meu amor?

-Sim, sim, sim- disse ela, abraçando-o- eu também te amo, mas não disse antes com medo de nossa amizade terminar.

E foram ao encontro dos pais de Andrômeda. Eles aceitaram e tiveram um belíssimo casamento na França.

Quase todos viveram felizes, menos... Ikki e Esmeralda.

Logo após o anoitecer, enquanto as irmãs conversavam, Ikki perguntou ao irmão:

Continua no próximo capítulo...

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

O Amor Proibido

O AMOR PROIBIDO


Era uma vez, uma princesa chamada Andrômeda, que vivia na Dinamarca com todo luxo possível. Mas, ela não era feliz com tudo isso, pois seus pais, o rei Cefeu ea rainha Clarion estavam a forçando se casar.


E, naquele castelo, vivia dois cavaleiros, o cavaleiro Shun de Andrômeda e seu irmão mais velho Ikki de Fênix.



(Esmeralda, irmã mais velha da princesa, o amor de Ikki)



Shun é o cavaleiro responsável pela princesa, onde ela fosse, Shun teria de ir atrás e, aos poucos, o cavaleiro foi se apaixonando pela garota e ela, por ele pois cada vez que ela ia ao jardim, ele sempre colocava uma rosa em seu cabelo e, como recompensa, Andrômeda sempre lhe dava um beijo e sempre nas situações tristes Shun a consolava. Um dia, Ikki avisou seu irmão:



-Shun, Shun, Shun... Isso não vai acabar bem... Essas rosas e esses beijos ainda vai acabar em tragédia, afaste-se dela pois vai se melhor para você.



O irmão lhe respondeu"Ikki, você não entende e nem entenderá, nada poderá separar nosso amo... digo amizade nesse mundo."



-Meu irmãozinho..._diz Ikki, se eu não o conhecesse bem, diria que você se apaixonou pela princesa?



-bom... é isso sim, desde a primeira vez que eu a vi me apaixonei, mas, o que posso fazer, ninguém manda no coração._ diz pacientimente o rapaz



Ikki saiu de lá inconformado pensando:"Como Shun pode se apaixonar assim, sabendo que isso é um amor proibido, claro que ninguém manda no coração, está certo que... Eu estou apaixonado por Esmeralda, a irmã mais velha da princesa..."

Continua no próximo episódio...



segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Seika, irmã de Seiya (na imagem a que está de joelhos) e Marin de Àguia


Orfeu de Lira e Orfeu de Harpa


quarta-feira, 7 de outubro de 2009


Saori San ao receber a armadura de Athena.

Princesa Andromeda, a constelação protetora de Shun na qual ele conquistou a armadura.
Hades, em sua verdadeira forma após ser expulso do corpo de Shun ao tocar no sangue de Athena.
Shun de Andrômeda Deus